Orquídea Dragão Nigrita - Muito Rara

Frete Grátis
Código: K56QHTAAW
Ops! Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.

 Nome científico: Gongora Nigrita

Este gênero de orquídeas foi dedicado a Don Antonio Caballero Gongora, bispo de Córdoba (Espanha) e vice-rei de Granada (México), daí seu nome científico! Já foram descritas cerca de 60 espécies, que vão do México ao Sul do Brasil, vegetando em árvores à sombra de matas úmidas. As flores têm formato surpreendente, e além de serem isoladamente bonitas com seus tons vivos, formam belos cachos com suas flores em um exuberante tom vermelho.

Tamanho da planta com aproximadamente 15 cm.

A orquídea Dragão é uma espécie pura, nativa do Brasil. Seu habitat é em clima quente e úmido, alternando com período seco e quente (como nas regiões amazônicas). Como vegetam nas matas em locais mais protegidos do sol, precisam de sombra média. Essa espécie é epífita (cresce sobre os troncos de árvores), mas se adapta bem à vasos e placas. A sua florada se dá as épocas de inverno. Produz uma flor de cerca de 4 cm de diâmetro que possui um agradável e suave perfume. Sua coloração é exótica com vários “pontilhados” sob sua pétala.

A orquídea Dragão se adapta bem a várias condições de climas do Brasil. Porém aprecia mais os locais de umidade relativa 60 a 85%. Apenas deve ser protegida de ventos fortes e geadas. Esta orquídea aprecia uma boa luz natural intensa para que possa se desenvolver de forma saudável sem pintas nas folhas. Algumas espécies requerem exposição maior ao sol para florir. Aprecia ser cultivada em vaso de barro ou em tronco de árvores. A água deve ser abundante no início da floração, sempre deixando o substrato levemente úmido, ou seja, nunca deixe o substrato encharcado. O substrato que devem ser utilizados são: casca de pinus, chips de coco, pedaços de carvão ou esfagno. A fertilização é algo importante para quase todo processo de crescimento, menos na floração. Utilize fertilizantes próprios para orquídeas ou reforce a adubação orgânica. Faça a remoção das flores secas da orquídea para dar maior força ao reflorescimento e assim a planta irá se manter num estado de saúde adequado. A adubação pode ser feita com adubo orgânico ou adubo líquido próprio para orquídeas. Mas cuidado para não adubar demais! As orquídeas possuem metabolismo muito lento e o excesso de fertilizante pode acabar salinizando o substrato. Quando o adubo é líquido e bem diluído pode ser adicionado a cada 15 dias. E se for sólido: a cada 3 ou 4 meses. 

ATENÇÃO
*Nossas mudas não são enviadas com vasos, não são enviadas com frutos, não são enviadas com folhas, (pois sofrem poda pré transporte) E NÃO são plantas adultas.
*Imagens principais meramente ilustrativas equivalentes a um exemplar adulto da mesma espécie comercializada, já estabelecido, florindo ou frutificando. 

  Manual de procedimento inicial 

            

Sobre a loja

Viveiro de Mudas RENASEM N° SP-16867/2018 falecom@jardimexotico.com.br Nossos horários de atendimento são: De segunda à sexta - feira: das 8:00 às 13:00 - das 14:00 às 17:00. Não trabalhamos aos sábado, domingos e feriados.

Social
Pague com
  • Mercado Pago
  • PagSeguro V2
  • PagSeguro V2
Selos

BUQUE GIGANTE EIRELI - CNPJ: 28.066.332/0001-98 © Todos os direitos reservados. 2021