Orquídea Brassia verrucosa - Adulta

Frete Grátis
Código: P9HBKUAN4
Ops! Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.

Nome científico: Brassia Verrucosa

As flores da orquídea Brassia parecem enfileirar-se ao longo do pendão, apresentando uma beleza harmoniosa e um tanto quanto curiosa! Seu formato diferente chama a atenção, por isso é conhecida como “orquídea aranha”. As pétalas são compridas e delicadas. As flores são dispostas de forma alinhadas em uma haste floral que chega a medir aproximadamente 35 cm quando estabelecida. Suas sépalas são longas na cor verde e flor branca com manchinhas escuras. Chega a dar até 16 flores na mesma haste! Levando em conta a altura da planta podemos dizer que suas flores são altas, porque cada uma de suas flores normalmente mede de 15 a 21 cm de altura, com uma largura de 9 cm.

Tamanho da muda com aproximadamente 20 cm. Planta enraizada em vaso, não é de corte.

Embora seja bem fácil realizar a propagação dessa planta por meio de divisão de touceira, deixar a muda com inúmeros filhotes produz um grande maciço, que quando floresce parece um exuberante balé!  

O gênero inclui cerca de 30 robustas espécies epífitas, encontradas nas selvas úmidas e sombreadas das montanhas da América do Sul e América Central e mesmo na Flórida. Há registros da ocorrência de 11 delas no Brasil. São plantas de fácil cultivo desde que em ambientes mais ou menos quentes e com alta umidade. Regas espaçadas para secagem do substrato. Suas flores aparecem no verão. A maioria das espécies produz flores de perfume agradável, especialmente durante as horas quentes do dia.

Esta espécie aprecia regiões de clima ameno a quente, de 18ºC até 25ºC graus de máxima. Acima disto, deve-se aumentar a umidade e a ventilação do local onde são cultivadas.

O cultivo desta espécie é bastante simples. Aprecia boa ventilação, umidade e muita luz indireta. O substrato ou musgo deve estar sempre úmido, porém nunca encharcado. O cultivo deve ser feito em vaso de sua preferência (ideal que seja de barro com furos) recomendamos usar o substrato de xaxim de palha de coco, e colocar camadas de pedras, carvão, casca de pinus ou fibra de coco, o importante é não colocar um substrato que retenha água. Garanta que seu substrato cubra apenas a raiz. Cuide também na hora de regar, não regue por cima das flores. Essas orquídeas são suscetíveis a doenças causadas por fungos como a ferrugem, o que pode ser combatido com fungicidas específicos, sendo conveniente consultar um agrônomo. Regue duas vezes na semana em épocas mais quentes. E 1 vez na semana nas épocas frias.  Regue preferencialmente pela manhã. Uma boa dica, como prevenção, é usar sulfato de cobre juntamente com a adubação. Faça a remoção das flores secas para dar maior força ao reflorescimento e assim a planta irá se manter num estado de saúde adequado. A adubação pode ser feita com adubo orgânico. Já o fertilizante pode ser os ricos em azoto ou potássio e fósforo. Mas, cuidado para não adubar demais! As orquídeas possuem metabolismo muito lento e o excesso de fertilizante pode acabar salinizando o substrato. Quando o adubo é líquido e bem diluído pode ser adicionado a cada 15 dias. E se for sólido: a cada 3 ou 4 meses.

ATENÇÃO
*Nossas mudas não são enviadas com vasos, não são enviadas com frutos, não são enviadas com folhas, (pois sofrem poda pré transporte) E NÃO são plantas adultas.
*Imagens principais meramente ilustrativas equivalentes a um exemplar adulto da mesma espécie comercializada, já estabelecido, florindo ou frutificando. 

  Manual de procedimento inicial 

            

Sobre a loja

Viveiro de Mudas RENASEM N° SP-16867/2018 falecom@jardimexotico.com.br Nossos horários de atendimento são: De segunda à sexta - feira: das 8:00 às 13:00 - das 14:00 às 17:00. Não trabalhamos aos sábado, domingos e feriados.

Social
Pague com
  • Mercado Pago
  • PagSeguro V2
  • PagSeguro V2
Selos

BUQUE GIGANTE EIRELI - CNPJ: 28.066.332/0001-98 © Todos os direitos reservados. 2021