Orquídea Beallara Patricia Mccully - Muda

Código: F4G2QWKTB
Ops! Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.

Nome científico:  Beallara Patricia McCully "Pacific Matriarch"

A Beallara é um gênero de orquídeas híbrido intergenérico resultado do cruzamento de Brassia, Cochlioda, Miltonia, Oncidium e Odontoglossum da subfamília Epidendroideae e família das Orchidaceae. É também conhecida pelo nome comercial Cambria. É uma espécie de cultivo para os amantes por orquídeas por sua praticidade de cultivo, sendo mais indicada para os iniciantes. Além de ser uma orquídea de beleza encantadora! A Beallara híbrida Patricia Mccully possui os tons violeta e branco.

Tamanho da muda com aproximadamente 15 cm.

Possui folhas lanceoladas largas, atingindo até 60cm. A vara floral ramificada pode ter até 1,5m de altura. As flores são numerosas, com geralmente 15 a 30 ou mais unidades, perfumadas em algumas variedades, e duram entre 20 e 30 dias. Em geral as Beallaras apresentam crescimento vigoroso e a primeira florada tende a acontecer entre 1 e 2 anos.

É de fácil cultivo e indicada para iniciantes, pois não é muito exigente. Como aprecia temperatura amena, vai bem em ambientes internos, mas precisa estar em local claro (nunca com incidência solar direta). 

Desenvolve-se bem na temperatura de uma habitação, preferindo temperaturas um pouco frescas (19ºC e 21°C). Para a fazer florescer, é necessário manter uma diferença de temperatura de 5°C entre o dia e a noite durante um mês.

As orquídeas gostam da luz natural (filtrada) para que possa se desenvolver de forma saudável sem pintas manchadas nas folhas. Aprecia ser cultivada em vaso de barro ou em tronco de árvores. Deve ser irrigada duas vezes por semana caso ela esteja em substrato. Deve apenas regá-la para deixar o solo úmido, nunca encharcado. Esta espécie aprecia que pulverize um pouco de água nela sem encharcar, apenas para umidificá-la um pouco. O substrato para este tipo de orquídea são: Casca de pinus, chips de coco, pedaços de carvão ou esfagno. A fertilização é algo importante para quase todo processo de crescimento, menos na floração. Faça a remoção das flores secas da Orquídea para dar maior força ao reflorescimento e assim a planta irá se manter num estado de saúde adequado. A adubação pode ser feita com adubo orgânico ou adubo líquido próprio para orquídea. Mas cuidado para não adubar demais! As orquídeas possuem metabolismo muito lento e o excesso de fertilizante pode acabar salinizando o substrato. Quando o adubo é líquido e bem diluído pode ser adicionado a cada 15 dias. E se for sólido: a cada 3 ou 4 meses.

ATENÇÃO
*Nossas mudas não são enviadas com vasos, não são enviadas com frutos, não são enviadas com folhas, (pois sofrem poda pré transporte) E NÃO são plantas adultas.
*Imagens principais meramente ilustrativas equivalentes a um exemplar adulto da mesma espécie comercializada, já estabelecido, florindo ou frutificando. 

  Manual de procedimento inicial 

            

 

Produtos relacionados

Sobre a loja

Viveiro de Mudas RENASEM N° SP-16867/2018 falecom@jardimexotico.com.br Nossos horários de atendimento são: De segunda à sexta - feira: das 8:00 às 13:00 - das 14:00 às 17:00. Não trabalhamos aos sábado, domingos e feriados.

Social
Pague com
  • Pagar.me V2
  • Mercado Pago
  • PagSeguro V2
Selos

BUQUE GIGANTE EIRELI - CNPJ: 28.066.332/0001-98 © Todos os direitos reservados. 2021