Grumixama Anã - Ótima p/ Vasos

Código: grumixamaana
Ops! Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.

Nome científico: Eugenia itaguahiensis

Muito comum no Rio de janeiro, trata-se de uma árvore de pequeno porte muito versátil da grumixama. A árvore chega a crescer até 3 metros. Além de não apresentar dificuldades no cultivo, tem valor ornamental por conta das folhas brilhantes e das flores alvas e abundantes. Por seu porte reduzido, é ideal para cultivo em vasos ou bonsais. É muito versátil porque não apresenta dificuldades no cultivo e é muito resistente a variações climáticas. Os frutos são pequenos, roxos, de polpa doce e aquosa, que podem ser consumidos ao natural ou preparados em geleias, sucos, etc.

Tamanho da muda com aproximadamente 15 cm.

A origem do nome Grumixama deriva do Tupi-Guarani “guamichã”: o que pega na língua. Isso por conta de certa viscosidade da fruta, que muitos dizem ser um misto entre jabuticaba e pitanga. Como frutifica entre novembro e dezembro, é a nossa cereja brasileira! O consumo da fruta é curativo quando se têm inflamações bucais ou de garganta. Esta fruta também tem ação adstringente e diurética, sendo muito benéfica para quando é preciso aumentar o volume de urina a ser excretada. A Grumixama Anã também é usada em casos de depressão pois estimula todo o organismo. Esta espécie aprecia locais de regiões de clima tropical e subtropical. É resistente a frio e geadas leves até -3ºC.

A muda de Grumixama Anã adquirida em nosso site produz em até 2 anos por ser um cultivar feito por sementes.

Prefere solos ricos e drenados, mas que retenham umidade. Frutifica melhor a pleno sol. Aprecia adubo orgânico e esterco animal. No primeiro ano de vida da grumixama, é aconselhável fazer regas diárias, mas sem jamais encharcar o solo, pois isso favorece a proliferação de fungos. A planta adulta não precisa ser regada todos os dias, com exceção da época em que estiver produzindo frutos, pois o nesta fase seu gasto energético aumenta. Para plantar grumixama em vaso, primeiramente é preciso encontrar um recipiente com capacidade para 60 litros, no mínimo. O vaso deve ter furos no fundo, para uma adequada drenagem da água. Ideal que tenha 50% de terra vermelha, 30% de matéria orgânica e 20% de areia. Coloca-se bolinhas de argila, pedras ou cacos de telha no fundo do vaso, também para melhorar a drenagem da água. Por fim, coloca-se um pedaço de tela sobre as pedras, bolas de argila ou cacos de telha, para que a terra não passe e entupa os furos no fundo do vaso. Deve-se fazer podas no fim do inverno para fazer a formação da planta eliminando ramos e brotos da base e todo o excesso de ramos que nascerem voltados para o interior da copa. 

ATENÇÃO
*Nossas mudas não são enviadas com vasos, não são enviadas com frutos, não são enviadas com folhas, (pois sofrem poda pré transporte) E NÃO são plantas adultas.
*Imagens principais meramente ilustrativas equivalentes a um exemplar adulto da mesma espécie comercializada, já estabelecido, florindo ou frutificando. 

  Manual de procedimento inicial 

            

Produtos relacionados

Sobre a loja

Viveiro de Mudas RENASEM N° SP-16867/2018 falecom@jardimexotico.com.br Nossos horários de atendimento são: De segunda à sexta - feira: das 8:00 às 13:00 - das 14:00 às 17:00. Não trabalhamos aos sábado, domingos e feriados.

Social
Pague com
  • Pagar.me V2
  • Mercado Pago
  • PagSeguro V2
Selos

BUQUE GIGANTE EIRELI - CNPJ: 28.066.332/0001-98 © Todos os direitos reservados. 2021