Orquídea Coelogyne lawrenceana - Adulta

Código: C4TQPMWMD
Ops! Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.

Nome científico: Coelogyne lawrenceana

Originário de ampla área do Sudeste Asiático e Sudoeste do Pacífico, Coelogyne é um gênero de plantas com aproximadamente 202 espécies. São facilmente reconhecidas por sua robustez e abundantes flores, intrigantes e delicadas, frequentemente de cor creme, mas também brancas, verdes ou alaranjadas, muitas delas perfumadas durante o dia e que geralmente duram semanas. Em todas as estações há espécies floridas, porém, a maioria floresce durante a primavera.

Tamanho da muda com aproximadamente 20 cm.

O nome deste gênero "Coelogyne" (Coel.) Deriva da latinização de duas palavras gregas: "koilos", que significa cavidade, côncavo, profundo; e "gyné", que significa mulher, fêmea, numa referência à profunda cavidade estigmática do gênero. São plantas invariavelmente robustas e, quando bem cultivadas, sempre crescem profusamente, tornando-se touceiras de tamanho considerável. As flores dessa variedade são grandes. Existem registros da antiga utilização dos pseudobulbos de algumas espécies para fins medicinais na China, entretanto modernamente sua utilidade é exclusivamente ornamental. Essa variedade lawrenciana provém de áreas de clima tropical. Com temperaturas moderadas. Não tolera geadas e estiagem.

Na natureza, o local predileto destas plantas é o alto das árvores, onde tomam sol moderado no verão e mais sol no inverno. É importante que a exposição à luz seja grande no período em que começam a aparecer os brotos. Esta espécie não suporta longos períodos de estiagem. Geralmente o fim de sua floração coincide com a chegada das monções, famosas chuvas torrenciais praticamente diárias que ocorrem na primavera e parte do verão no sudeste asiático. Assim, após o fim da floração durante cerca de três a quatro meses são necessárias regas abundantes. A partir de então, as chuvas começam a escassear, assim as regas devem ser paulatinamente reduzidas até que sejam quase suprimidas no fim do outono ou começo do inverno. 

A adubação deve ser quinzenal, com bom adubo foliar e orgânico a cada 2 meses. O cultivo pode ser feito em vaso de sua preferência (ideal que seja de barro com furos) recomendamos usar o substrato esfagno e colocar camadas de pedras, carvão, casca de pinus ou fibra de coco, o importante é não colocar um substrato que retenha água. Você só deve podar a orquídea após suas flores morrerem. Idealmente, a espiga ligada à flor também deve mostrar sinais de amarelamento, assim é um sinal de que deve ter a haste podada.

ATENÇÃO
*Nossas mudas não são enviadas com vasos, não são enviadas com frutos, não são enviadas com folhas, (pois sofrem poda pré transporte) E NÃO são plantas adultas.
*Imagens principais meramente ilustrativas equivalentes a um exemplar adulto da mesma espécie comercializada, já estabelecido, florindo ou frutificando. 

  Manual de procedimento inicial 

            

Sobre a loja

Viveiro de Mudas RENASEM N° SP-16867/2018 falecom@jardimexotico.com.br Nossos horários de atendimento são: De segunda à sexta - feira: das 8:00 às 13:00 - das 14:00 às 17:00. Não trabalhamos aos sábado, domingos e feriados.

Social
Pague com
  • Pagar.me V2
  • Mercado Pago
  • PagSeguro V2
Selos

BUQUE GIGANTE EIRELI - CNPJ: 28.066.332/0001-98 © Todos os direitos reservados. 2021