Chá Verde

Código: chav
Selecione a opção de QuantidadE:
Ops! Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.
Ops! Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.
Ops! Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.

Nome científico: Camellia Sinensis

Originária da Índia e China, a árvore de chá-da-índia pode chegar a 15m de altura, no entanto é comum que quando cultivada através de podas possa permanecer com cerca de 1,5m; porém nesse caso é raro que floresça. 

Possui folhas escuras e lustrosas, com nervuras bem marcadas nas superfícies, de margens inteiramente denteadas, e as folhas mais novas são cobertas de pequenos tricomas brancos. As flores surgem solitárias ou aos pares nas axilas das folhas. São pequenas, com pétalas brancas e perfumadas, possuem muitos estames e um pistilo com estigmas. Os frutos são pequenas cápsulas com sementes, das quais se pode produzir óleo comestível.

Há uma série de variedades dessa planta, sendo a C. sinensis var. assamica a maior de todas e mais comum na Índia, que produz um chá preto com enorme concentração de cafeína. 

Além de ricas em magnésio, potássio, ácido fólico, vitaminas C, K,  B1 e B2, as folhas contêm compostos como catequinas, bioflavanóides e taninos, o que faz com que o chá seja antioxidante, auxilie no combate dos radicais livres e na prevenção de diversas doenças (entre elas o câncer).  

A partir das folhas da Camellia sinensis são produzidos diferentes tipos de chá: para produzir o chá verde (que representa cerca de 90% da produção chinesa) as folhas são colocadas no vapor e em seguida passam por um processo de secagem, o que faz com que não haja oxidação, mantendo assim o bom potencial antioxidantes da planta e preservando seus nutrientes. Já para o chá preto (que constitui cerca de 90% da produção da Índia), as folhas passam por várias etapas de processamento, dentre elas a fermentação, que consiste em uma ação enzimática de flavonóis e teaflavinas. O chá Oolong é produzido pela oxidação parcial das folhas, o que ocorre com a ação da enzima polifenol oxidase, presente na própria folha. 

 

Tamanho da muda com no mínimo 20cm.

*Imagens principais meramente ilustrativas equivalentes a um exemplar adulto da mesma espécie comercializada, já estabelecido, florindo.

Produtos relacionados

Pague com
  • MercadoPago V1
  • Depósito Bancário
  • PagSeguro
Selos

Camila Alegre - CNPJ: 15.235.447/0001-17 © Todos os direitos reservados. 2018

b202977c0fc07e1c6b31961a905395a8ffb23121 google-site-verification: googlefb715e0e5ed40a66.html