Árvore Dragão

Código: 4TVJRES7E
Ops! Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.

Nome científico: Dracaena draco L.

Conhecida pelo nome comum de dragoeiro, essa planta participa da família das Ruscaceae (Dracaenaceae) e é nativa dos arquipélagos das Canárias, Madeira e Açores, ocorrendo localmente na costa africana vizinha e em Cabo Verde. Apesar de comum e muito apreciada como ornamental em jardins desses locais de onde se origina, encontra-se vulnerável no estado selvagem devido à destruição do seu habitat principalmente por motivos agrícolas e urbanos... Também foi desmedida a utilização da planta para a obtenção da sua resina.

É muitíssimo longeva, podendo viver centenas de anos e alcançando grandes dimensões (chega a ultrapassar os 20m de altura). Produz uma copa ampla em forma de umbela de contorno circular, muito exuberante! 

A seiva forma uma resina translucente, de cor vermelho sangue quando oxidada, que se torna pastosa se exposta ao ar, fator que conferiu o nome à espécie. Essa substância foi amplamente comercializada na Europa utilizada em fármacos e em tinturaria. O mistério da origem dessa raridade foi guardado por muitos anos, o que conferiu à ela valor muitíssimo elevado durante os tempos iniciais de povoamento europeu da Macaronésia, sendo um importante produto de exportação.

Nas Canárias o dragoeiro era considerado uma árvore sagrada pelos povos guanche, servindo alguns exemplares de ponto de referência e assinalando locais de reunião e de significado religioso. É célebre o dragoeiro de Icod de los Vinos, árvore sagrada das populações guanche de Tenerife. Nos Açores, alguns exemplares famosos são protegidos nacionalmente.

 

Mudas com no mínimo 25cm

*Imagens principais meramente ilustrativas equivalentes a um exemplar adulto da mesma espécie comercializada, já estabelecido.

Produtos relacionados

Pague com
  • Depósito Bancário
  • PagSeguro
Selos

Camila Alegre - CNPJ: 15.235.447/0001-17 © Todos os direitos reservados. 2017