Chá Mate ou Erva-Mate

Código: J8DGC6BYQ
R$ 39,50
até 4x de R$ 9,88 sem juros
ou R$ 35,55 via depósito
Comprar Estoque: Disponível
  • R$ 35,55 Depósito Bancário
    • 1x de R$ 39,50 sem juros
    • 2x de R$ 19,75 sem juros
    • 3x de R$ 13,17 sem juros
    • 4x de R$ 9,88 sem juros
    • 5x de R$ 8,62
    • 6x de R$ 7,29
    • 7x de R$ 6,34
    • 8x de R$ 5,62
    • 9x de R$ 5,07
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

Nome científico: Ilex paraguariensis

A erva-mate, também chamada mate ou congonha, é uma árvore originária da região subtropical da América do Sul. É consumida como chá quente ou gelado, chimarrão ou tereré no Brasil, no Paraguai, na Argentina, no Uruguai, na Bolívia e no Chile. "Mate" deriva do termo quéchua mati, que designa o recipiente onde é bebido o chimarrão. "Congonha" deriva do tupi kõ'gõi, que significa "o que mantém o ser".

A árvore pode atingir 12m de altura, no entanto quando é cultivada para colheita das folhas jovens a fim de servir folhas para o chá, sofre severas podas anuais para não ultrapassar os 3m. As folhas são ovais e pequeno fruto verde ou vermelho-arroxeado, os quais quando são consumidos pelos pássaros tornam possível a reprodução da espécie. Até que a planta atinja maturidade é essencial que esteja à sombra, pois é muito sensível ao sol. Para evitar desgaste do solo e favorecer o sombreamento, é comum que os plantios de erva-mate sejam consorciados com os de araucárias.

Foram os guaranis da região da Argentina que passaram o conhecimento dessa erva aos colonizadores espanhóis, que o disseminaram por todo o Vice-Reino do Rio da Prata. Nos sul do Brasil o chá foi proibido pelos jesuítas por a considerarem "erva do diabo", no entanto a partir do século XVII os próprios jesuítas passaram a incentivar tal consumo pelos índios com o objetivo de afastá-los das bebidas alcóolicas trazidas pela colonização...

No século XIX o Paraguai se isolou dos outros países, proibindo a exportação de erva-mate, o que fez com que a Argentina e o Uruguai substituíssem a erva-mate importada paraguaia pela brasileira, desenvolvendo o cultivo e o beneficiamento da planta em Santa Catarina, Paraná e Mato Grosso do Sul.

Estudos detectaram a presença de muitas vitaminas, como as do complexo B, as vitaminas C e D, sais minerais (cálcio, manganês e potássio). Tomar mate combate os radicais livres, auxilia na digestão e produz efeito antirreumático, diurético, estimulante e laxante. Não é indicado para pessoas que sofrem de insônia e nervosismo, pois é estimulante natural. Contém saponina, que é um dos componentes da testosterona, razão pela qual melhora a libido. O consumo da erva-mate está relacionado também ao poder que ela tem de estimular a atividade física e mental, atuando beneficamente sobre os nervos e músculos, combatendo a fadiga, proporcionando a sensação de saciedade. É considerada ainda um ótimo remédio para a pele e reguladora das funções cardíacas e respiratórias, além de exercer importante papel na regeneração celular.

Pode ser usada verde ou tostada, no preparo de chás e chimarrão. Há possibilidades de combinações, como maracujá ou limão, que dão toques especiais à bebida, quente ou fria. 

 

Tamanho da muda com no mínimo 20cm.

*Imagens principais meramente ilustrativas equivalentes a um exemplar adulto da mesma espécie comercializada, já estabelecido.

Produtos relacionados

R$ 39,50
até 4x de R$ 9,88 sem juros
ou R$ 35,55 via depósito
Comprar Estoque: Disponível
Pague com
  • Depósito Bancário
  • PagSeguro
Selos

Camila Alegre - CNPJ: 15.235.447/0001-17 © Todos os direitos reservados. 2016